Carregando

Coty: A logística dos produtos de beleza

Img
Img

iTrack Brasil em parceria com o Guia Corporativo em mais um episódio como patrocinador premium, e dessa vez o Rodilson Silva entrevistou o Paulo Leônidas Moreira Neto, Diretor Executivo de Supply Chain Brasil e Cone Sul na Coty,  uma das maiores empresas de beleza do mundo, com um portfólio icônico das principais marcas de beleza. Trajetória de quase 30 anos como executivo (lembrando que a paixão por logística começou muito tempo atrás como estagiário na Danone, antes mesmo do boom envolvendo a palavra “Supply Chain”), e esteve à frente das operações em companhias como Vigor, Nestlé, Grupo Pão de Açucar, Coca cola e Danone.

Responsável direto pelo “Go To Market” sustentado pelos pilares da Inovação, S&OP, Transporte e Customer Service desde a Concepção até a Entrega do Produto.

Esse podcast está disponível na íntegra no Spotify:

A Coty é uma das maiores empresas de beleza do mundo que está presente em mais de 130 países.

Muito conhecida aqui no Brasil após a série de aquisições focadas no consumo massivo (grande giro, alta penetração de mercado e larga escala de distribuição), tais como: Monange, Bozzano, Koleston, Cenoura & Bronze, Risquè, entre outros.

Com a missão de “entregar uma beleza acessível ao público brasileiro com a maior qualidade possível!”

A retração gerada por conta da pandemia refletiu diretamente tanto no hábito de consumo quanto no canal de venda, ou seja, durante o lockdown houve uma redução brusca na venda de esmaltes, coloração, porém em contrapartida devido ao aumento do uso de álcool em gel, houve crescimento na venda de hidratantes e afins. E organizar essa demanda, categoria a categoria, só foi possível devido ao S&OP previamente estruturado. E quando se fala nos canais de venda, o impacto gerado pelo fechamento por aproximadamente 60 dias de salões de beleza, perfumaria, resultou em uma migração da venda para o e-commerce.

Sistema cada vez mais robustos, senso de urgência altíssimo, fluxo ágil de comunicação, considerando horizontes curtos e decisões cada vez mais difíceis.

Como dito acima, a pandemia expôs diversos pontos de melhoria e evidenciou que a utilização de sistemas de informação para a tomada de decisão ágil e assertiva é sim fator de diferenciação em um universo tão competitivo. Por esse motivo, nós da iTrack Brasil oferecemos ao mercado logístico uma Torre de Controle e Gestão 4.0, ou seja, uma metodologia de gestão proativa que tem como objetivo principal agilizar o processo de tomada de decisão em todas as etapas das operações de transportes.

Sobre a infraestrutura da Coty aqui no Brasil, ela possui uma fábrica bem grande em Goiás e 3 centros de distribuição, o principal deles em Goiânia com aproximadamente 90% do volume saindo de lá. Na Argentina existe um CD em Buenos Aires, para distribuição aos países vizinhos.

Falando um pouco do mercado internacional, a Coty globalmente tem se posicionado fortemente no mercado luxo, marcas como Marc Jacobs, Calvin Klein, Chloé, Gucci, Hugo Boss, Tiffany & Co, Balenciaga, Bottega Veneta, Alexander McQueen, Davidoff, Burberry e muitas outras como podemos ver no vídeo abaixo:

Recentemente mais uma aquisição feita pela Coty e que mexeu com o mercado americano, pois resultou no segundo maior negócio da família Kardashian em um ano, Kim Kardashian West está vendendo, por US$ 200 milhões, uma participação de 20% em sua empresa de cosméticos KKW Beauty.

Para mais informações recomendo que separe um tempinho no seu atribulado dia, e ouça direto da fonte pois esse podcast está excepcional!

Parabéns ao Paulo Leônidas Moreira Neto por ser um líder que inspira: “Quero trabalhar com os melhores caras do mercado”.

Excelente podcast, parabéns aos envolvidos e que venham os próximos! 🚀